Para o topo

Achados da Feira do Livro: um passeio rápido e 11 livros comprados

Achados da Feira do Livro: um passeio rápido e 11 livros comprados
, em 20/05/2014, às 11:29 (atualizado em 20/05/2014, às 15:19)
Fotos: Paulo Gallo/Varal Diverso

No último domingo, o Varal Diverso esteve na 14ª Feira Nacional do Livro em busca de bons achados. Não é a primeira vez que rodamos entre os expositores e saímos com grandes livros em mãos, sem ter gasto muito dinheiro. Ano passado, por exemplo, compramos mais de 15 livros importantes, todos a R$ 10 (ou menos).

Neste ano, por incrível que pareça, conseguimos repetir o feito. É claro que encontrar livros baratos nas grandes livrarias não é tarefa fácil, mas um pouco de tempo e paciência podem render uma boa leitura.

Não pense que tudo que é barato é lixo. Nós compramos em pouco mais de meia hora, 11 livros, por R$ 10 cada. Entre eles, dois livros de mais de 230 páginas, coloridos e com fotos de receitas oficiais do chef de cozinha escocês Gordon Ramsay. Pesquisando rapidamente, vimos que os mesmos livros são vendidos entre R$ 50 e R$ 70 pela internet. Esses foram os achados do Gordon: Um chef para as quatro estações e O mundo da cozinha de Gordon Ramsay. Dêem uma pesquisada por aí, vejam com seus próprios olhos!

Partindo um pouco para arte, desde o ano passado começamos a montar uma coleção de livretos de grandes artistas plásticos. Ótimos livros, com boas referências. Compramos: Picasso, Dalí, Degas, Boticelli, Van Gogh e outros; todos por R$ 10 também. Esses são fáceis de achar, quase todas as livrarias baratas têm.

Andando mais um pouco, descobrimos uma boa coleção de história, livros grandes, com capa dura e muitas fotografias antigas. Compramos Renascimento, As primeiras civilizações, A história cotidiana às margens do Nilo, entre outros.

Compramos também o livro Brasil: Almanaque da cultural popular, que vimos por R$ 60 na internet e também pagamos a bagatela de R$ 10. Isso tudo em menos de uma hora! Mal chegamos e precisamos ir embora, porque não conseguimos carregar tudo e continuar andando. E ainda ficamos com aquela sensação que poderíamos encontrar mais livros legais.

Com tudo isso, se você tiver paciência, vai encontrar outros bons títulos por um precinho bacana. Além de literatura nacional e internacional, você encontra dicionários, livros didáticos, livros infantis de colorir e de histórias, livros de música, filosofia, esporte, saúde, biografias, entre outros milhares de assuntos.

Sabe aquele livro que você quis comprar em outra época, mas que estava bem caro? Vale a pena procurá-lo na Feira do Livro, pois certamente estará com um ótimo preço! Ano passado, compramos por R$ 10 o livro A primavera do dragão, de Nelson Motta, e que hoje ainda custa mais de R$ 50 em outras livrarias. Neste ano, encontramos o best-seller Deus não é grande, do jornalista e escritor Christopher Hitchens, pelos mesmos R$ 10.

É bom lembrar que não é tão fácil encontrar títulos "populares" com tanto desconto, pois esse não é o interesse das livrarias. Ainda assim, encontramos o best-seller 50 tons de cinza por R$ 10.

Texto: Analídia Ferri
Edição e fotos: Paulo Gallo

Compartilhe:

PRÓXIMO POST »
“Malu” é indicado ao Oscar dos quadrinhos brasileiros
« POST ANTERIOR
"Comecei a me dedicar à literatura por vingança"

Você poderá gostar também!

 

Thalita Rebouças lança livro em Ribeirão Preto

27.03.2015 - 13:51

Sessão de autógrafos do livro 360 Dias de Sucesso acontece neste sábado (28/3), na Livraria da Travessa, no RibeirãoShopping

Feira do Livro elimina shows e foca em causas sociais

23.04.2014 - 21:06

A 14ª edição da Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto, que acontece de 16 a 25 de maio, já anunciou que neste ano, não haverá shows com artistas nacionais e o evento irá priorizar outras ações de temáticas variadas.

Artistas locais lançam história em quadrinhos de super-heróis

21.07.2016 - 15:56

Escape para o Perigo resgata o gênero clássico dos gibis

 

VOLTAR

 

Comente aqui:
Instagram
Instagram

Varal Diverso © 2011–2017. Todos os direitos reservados | Termos de uso | Design: Paulo Gallo