Para o topo

página inicial » literatura »

“Malu” é indicado ao Oscar dos quadrinhos brasileiros

publicado em: 22/05/2014 - 11:57
atualizado em: 27/08/2014 - 13:37

“Malu” é indicado ao Oscar dos quadrinhos brasileiros
"Malu, memórias de uma trans" foi produzida e ilustrada por Cordeiro de Sá, em 2013

A graphic novel Malu, memórias de uma trans, foi uma das sete produções indicadas ao 25° Troféu HQ Mix, o maior prêmio brasileiro de histórias em quadrinhos. Ilustrada e produzida pelo autor ribeirão-pretano Cordeiro de Sá, Malu tem 40 páginas de história, desenvolvida a partir de entrevistas e casos reais do universo LGBT. A cerimônia de premiação do HQ Mix ainda não tem data confirmada.

“Juntei histórias reais para dar vida à personagem fictícia e dizer o que poucos sentem de verdade”, diz Sá, afirmando que o preconceito ainda é a principal barreira que faz com que a sociedade não enxergue, de fato, as pessoas transexuais, deixando-as praticamente invisível ao cotidiano. “Independentemente dos corpos que habitamos, somos todos humanos e precisamos de respeito e afeto”.

O livro, publicado em 2013 em Ribeirão Preto, já marcou presença em diversos espaços importantes para a discussão LGBT. Já foi lido na USP, no Museu da Diversidade Sexual, em São Paulo, no Fórum Mundial de Direitos Humanos, realizado em Brasília, no Ministério de Desenvolvimento Social da Cidade do México, entre outros locais.

A publicação faz parte do selo RPHQ, um projeto que reúne mais de 70 artistas de Ribeirão e já lançou três edições da revista Ribeirão Preto em Quadrinhos. Neste post, o Varal Diverso conta um pouco dessa história.

Malu e as outras publicações da RPHQ podem ser baixadas gratuitamente neste link.

PRÓXIMO POST »
“As igrejas estão se canibalizando”, diz Gregorio Duvivier durante Feira do Livro
« POST ANTERIOR
Achados da Feira do Livro: um passeio rápido e 11 livros comprados

Você poderá gostar também!

 

Feira Nacional do Livro anuncia programação oficial da sua 16ª edição

16.05.2016 - 22:33

Evento acontece de 12 a 19 de junho, em Ribeirão Preto. Confira alguns destaques!

Obra esquecida de R. F. Lucchetti ganha versão para internet

23.12.2014 - 14:03

Cineastas ribeirão-pretanos estão eternizando contos do mestre do terror em websérie e buscam financiamento coletivo. Campanha termina no dia 14 de fevereiro

Eu me chamo Antônio lança segundo livro em Ribeirão Preto

04.12.2014 - 19:59

Três grandes nomes de sucesso vão passar por Ribeirão Preto nos próximos dias: Pedro Gabriel, autor de Eu Me Chamo Antônio, o jornalista Edney Silvestre e o blogueiro Caio Novaes, do canal Ana Maria Brogui, lançam seus livros na cidade.

 

 

Comente aqui:

 

 

 

Varal Diverso © 2011–2017 - Todos os direitos reservados. » Termos de uso