Para o topo

Mostra Internacional de Cinema chega a Ribeirão Preto

Mostra Internacional de Cinema chega a Ribeirão Preto
, em 03/11/2014, às 12:00 (atualizado em 21/11/2014, às 16:50)

Por Analídia Ferri
Foto: Divulgação

De 4 a 30 de novembro, o Sesc Ribeirão Preto exibe 10 filmes que fizeram parte da 38ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Durante os 13 dias do festival na capital, foram exibidos 330 obras de diversos gêneros. Já a exibição itinerante acontece em várias unidades do interior.

Em Ribeirão Preto, a abertura da mostra será no dia 4 de novembro às 19h, com o filme o filme “O segredo das águas”, de Naomi Kawase. Os ingressos custam R$ 12 (inteira), R$ 6 (estudantes, professores e idosos) e gratuito para comerciários, e todas as exibições acontecem no Galpão de Eventos do Sesc.

A Mostra Internacional de Cinema acontece sempre às terças, quartas e sextas, às 19h; e aos domingos, às 14h30 e 17h. O Sesc Ribeirão Preto fica na rua Tibiriçá, 50 – Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (16) 3977-4472, ou pelo site da unidade.

Confira a programação completa:

4/11 (terça), às 19h – "O segredo das águas"
Direção: Naomi Kawase (Japão, 2014) – Classificação: 16 anos

Na ilha japonesa de Amami-Oshima, as tradições envolvendo a natureza são eternas. Durante uma noite de danças tradicionais em agosto, Kaito, de 16 anos, descobre um cadáver flutuando no mar. Sua namorada, Kyoko, vai tentar ajudá-lo a compreender essa misteriosa descoberta. Juntos, Kaito e Kyoko aprenderão o que é se tornar um adulto, experimentando as delicadas relações entre vida, morte e amor.

5/11 (quarta), às 19h – "Acima das nuvens"
Direção: Olivier Assayas (França / Suíça / Alemanha, 2014) – Classificação: 14 anos

No auge da carreira, Maria Enders é convidada para atuar numa remontagem da peça que a tornou famosa há 20 anos. Naquela primeira versão, ela atuou no papel de Sigrid, uma jovem sedutora que leva sua chefe, Helena, ao suicídio. Agora, no entanto, ela é convidada para o outro papel, o de Helena. Maria viaja com sua assistente para ensaiar em Sils Maria, uma região remota dos Alpes. O papel de Sigrid é dado a uma jovem estrela em ascensão em Hollywood com uma inclinação para polêmicas.

7/11 (sexta), às 19h – "A gangue"
Direção: Myroslav Slaboshpytskiy (Ucrânia, 2014) – Classificação: 18 anos

Sergey, um jovem surdo-mudo, começa a estudar num internato que abriga secretamente uma rede de crime e prostituição entre seus estudantes, “a tribo”. Neste ambiente, ele é forçado a aceitar as regras da gangue e participar de vários assaltos, o que lhe garante o respeito dos colegas. Quando ele conhece Anna, uma das amantes do líder da gangue, ele acaba quebrando uma das regras veladas da tribo. Um filme rodado em linguagem de sinais e sem narração ou legendas, já que o amor e o ódio não precisam de tradução. Vencedor do Grande Prêmio da Semana da Crítica no Festival de Cannes.

9/11 (domingo), às 14h30 – "Duas irmãs, uma paixão"
Direção: Dominik Graf (Alemanha / Áustria / Suíça / 2014) – Classificação: 16 anos

Em 1788, numa pequena cidade alemã, a bela Caroline von Beulwitz está num casamento infeliz, carente de amor e de vida. Charlotte von Lengefeld, sua tímida irmã, sonha com um marido. As duas são melhores amigas até que um dia chega Friedrich Schiller, o poeta que escreveu Os Bandoleiros, um badalado homem da noite, com um revolucionário ideal republicano. Ao longo do verão elas irão competir por Schiller.

11/11 (terça), às 19h – "Falando com deuses"
Direção: Guillermo Arriaga, Hector Babenco, Álex de la Iglesia, Bahman Ghobadi, Amos Gitai, Emir Kusturica, Mira Nair, Hideo Nakata, Warwick Thornton (México / Brasil / Espanha / Israel / Sérvia / Índia / Japão / Austrália / Turquia, 2014) – Classificação: 14 anos

O longa coletivo explora a relação entre diferentes culturas e religiões. Espiritualidade aborígene, catolicismo, islamismo, judaísmo, budismo e xintoísmo, cristianismo ortodoxo, umbanda, hinduísmo, assim como o ateísmo encontram expressão no filme. Baseado numa ideia de Guillermo Arriaga e com os episódios organizados por Mario Vargas Llosa, o filme apresenta diferentes perspectivas sobre a religiosidade.

16/11 (domingo), às 14h30 – "O pequeno Quinquin"
Direção: Bruno Dumont (França, 2014) – Classificação: 14 anos

Um capitão de polícia e seu parceiro investigam a descoberta de uma vaca morta preenchida com restos humanos dentro de um galpão alemão abandonado após a Segunda Guerra. Enquanto buscam respostas, eles são seguidos pelo pequeno Quinquin, um menino que cria confusão por onde passa junto com seus amigos e a namorada que toca trombeta. Originalmente exibida como uma minissérie da TV francesa, esta é a primeira comédia do diretor Bruno Dumont.

23/11 (domingo), às 14h30 – "Queen and Country"
Direção: John Boorman (Reino Unido, 2014) – Classificação: 14 anos

Nesta sequência do aclamado Esperança e Glória (1987), Bill Rohan agora é um feliz jovem de 18 anos que tem os sonhos interrompidos pela Guerra da Coreia, em 1952. No campo militar, ele conhece Percy, que se torna um bom amigo. Os dois logo viram instrutores e conspiram contra um sargento desagradável. Enquanto explora o mundo longe de casa, Bill se apaixona por uma jovem indomável.

23/11 (domingo), às 17h – "Tsili"
Direção: Amos Gitai (Israel / Itália / França / Rússia, 2014) – Classificação: 14 anos

Durante a Segunda Guerra, a jovem judia Tsili se esconde nas florestas de Chernivtsi, na Ucrânia, após toda sua família ser deportada para os campos de concentração. Marek, outro refugiado judeu, a encontra e fala com ela em ídiche. Com dificuldade em interagir após as experiências traumáticas, ela tem dificuldades em se comunicar com ele. Os dois conseguem se entender até o dia em que Marek vai à vila procurar comida e não volta mais. Inspirado no romance de Aharon Appelfeld, o filme conta a história da jornada de uma mulher mergulhada no pesadelo da guerra.

30/11 (domingo), às 14h30 – "Força maior"
Direção: Ruben Ostlund (Suécia, 2014) – Classificação: 16 anos

Ebba e Tomas decidem passar férias esquiando nos Alpes franceses com seus dois filhos. Tomas deve passar mais tempo com a família, pois Ebba acha que ele trabalha demais. Quando os quatro almoçam nas montanhas, uma avalanche se aproxima rapidamente e ameaça soterrar o local. Nenhum deles fica ferido, mas a atitude de Tomas durante o incidente pode causar danos irreparáveis.

30/11 (domingo), às 17h – "O Cuco e o Burro"
Direção: Andreas Arnstedt (Alemanha, 2014) – Classificação: 12 anos

Após a morte de sua mãe, Conrad Weitzmann resolve fazer um filme sobre a relação de seus pais. Ele escreve um roteiro e entra em contato com uma emissora de TV, onde conhece Stuckradt Halmer, um produtor que demonstra entusiasmo com o projeto. Mas, depois de cinco anos de trocas de e-mails, novas versões do roteiro e inúmeras alterações a pedido da emissora — em que resta muito pouco da história original —, Conrad finalmente percebe que o filme nunca será feito. Junto com seu pai, ele decide então sequestrar Halmer.

Compartilhe:

PRÓXIMO POST »
Clássicos do cinema voltam à telona em Ribeirão Preto
« POST ANTERIOR
“Clássicos do cinema” terá 4ª edição em Ribeirão Preto

Você poderá gostar também!

 

Cauim exibe produções locais e nacionais gratuitamente

18.06.2014 - 16:09

Uma parceria entre a prefeitura de Ribeirão Preto e a Kauzare Studio selecionou documentários, curtas e longas-metragens para serem exibidos gratuitamente no Cauim

Festival Varilux exibe 19 filmes em dois cinemas de Ribeirão Preto

30.05.2017 - 11:20

Produções cinematográficas francesas serão exibidas de 8 a 21 de junho

Festival Varilux de Cinema Francês chega a Ribeirão Preto em junho

07.06.2015 - 23:55

Serão exibidos dois filmes por dia, de 11 a 17 de junho, no Cinépolis do Santa Úrsula. Veja a programação completa!

 

VOLTAR

 

Comente aqui:

Varal Diverso © 2011–2017. Todos os direitos reservados | Termos de uso | Design: Paulo Gallo