Para o topo

Primeira feira de discos em Ribeirão terá cerca de 5 mil itens à venda

Primeira feira de discos em Ribeirão terá cerca de 5 mil itens à venda
Por Analídia Ferri, em 22/02/2015, às 11:14 (atualizado em 03/08/2017, às 17:07)
Fotos: Paulo Gallo / Varal Diverso

Apaixonados pelos bolachões já podem comemorar! No próximo sábado (28/02), Ribeirão Preto sediará a primeira edição da Feira de Discos de Vinil da cidade. O encontro acontece no saguão no CineClube Cauim, das 10h às 19h, com entrada gratuita. Qualquer pessoa pode participar, vender, comprar ou trocar discos durante o evento, que terá ainda discotecagem e venda de acessórios e itens raros.

Quem encabeça a iniciativa é o dj Freddy Batista, um apaixonado confesso por música e pelo vinil. “Sou colecionador há muitos anos, toco em festas com meus discos e sempre senti a necessidade de fazer um evento como esse em Ribeirão. Quem gosta de discos, quer trocar experiências e ideias com outras pessoas. Os discos de vinil são a essência da música. Esse é um projeto antigo”, explica o dj, cujo acervo pessoal chega a 6 mil discos de vinil, número que dá inveja a qualquer colecionador.

De acordo com Freddy, vendedores e colecionadores de várias cidades da região vão trazer seus discos para vender no evento, entre elas, Campinas, Catanduva, Araraquara, e outras. “A expectativa é reunir 5 mil discos, fora as vitrolas, agulhas, plásticos e itens que estarão apenas em exposição. Eu já separei mais de 300 discos para vender na feira, tenho várias raridades e muita coisa que é bem difícil achar hoje dia”, conta.

Discos de vinil como Jimi Hendrix, Frank Zappa, Jannis Joplin, Pink Floyd, Black Sabbath, The Who, Rolling Stones, Elvis Presley, AC/DC, Queen, entre outros, são algumas das raridades que Freddy pretende se desfazer. “Tenho alguns discos repetidos, comprei outras edições e quero ter alguns discos bons para trocar também, caso apareça algo interessante. Um apaixonado por vinil nunca se contenta, quer aumentar a coleção sempre”, diz.


Disco duplo de 1975 de Janis Joplin estará à venda no próximo sábado

Colecionando histórias

Além de colecionar discos de vinil, Freddy Batista acumulou inúmeras histórias inusitadas durante a construção do seu acervo. Ele conta que ganhou o primeiro vinil aos 13 anos e que o primeiro disco que comprou foi um do Iron Maiden. “Nunca parei de comprar vinil. Mas na época em que as pessoas se desfizeram do vinil, eu comecei a comprar muita coisa boa e rara. Me aproveitei dessa época em que se vendia discos a preços muito baixos, já que estavam completamente desvalorizados”, lembra.

Numa dessas histórias o dj conseguiu comprar um do discos mais cobiçados atualmente, o White Album, dos Beatles, pela bagatela de R$ 10. E o mais incrível, é que estava completo, incluindo as fotos de cada um deles, dentro do encarte. “Eu estava em São Paulo e fui até uma loja de vinil. Quando cheguei, o cara me perguntou se estava atrás de alguma coisa específica e me alertou que ali o forte eram os discos de MPB. O White Album estava numa pequena pilha de discos, escondida em um canto, sem o menor destaque. Nem precisei negociar, paguei R$ 10 e fiquei com ele, mas o mais curioso foi ver que ele estava completo e em ótimo estado de conservação”, conta.

Foi assim que ele também conseguiu comprar um lote completo de discos de David Bowie, por R$ 50, além de outros lotes como Nina Simone e Elvis Presley, entre outros artistas que o dj possui em sua coleção.


Poster com ciclistas nuas do disco Jazz (1978), do Queen, é uma das pérolas da coleção de Freddy

Como participar?

Qualquer pessoa pode levar seus discos de vinil para vender ou trocar no evento, porém, os organizadores pedem que cada item seja etiquetado com o preço, para facilitar o garimpo. Além disso, apenas alguns vendedores receberão os pagamentos com cartões, por isso, o ideal é que a venda seja feita em dinheiro, também para facilitar a negociação. A dica é chegar cedo para conseguir garimpar os itens mais raros.

De acordo com Freddy Batista, a ideia é que o evento seja itinerante e realizado a cada dois meses em Ribeirão Preto. Tudo vai depender do interesse dos apaixonados por discos de vinil na cidade.

SERVIÇO

1ª Feira de Discos de Vinil de Ribeirão Preto
28 de fevereiro (sábado), das 10h às 19h

Onde? CineClube Cauim (rua São Sebastião, 920 – Centro)
Quanto? Gratuito
Informações

Compartilhe:

PRÓXIMO POST »
Bazar Mães Que Criam ganha nova edição no próximo sábado
« POST ANTERIOR
Feira Artesanal do Irajá chega a sua 5ª edição neste sábado

Você poderá gostar também!

 

Bazar Mães Que Criam chega à sua oitava edição

14.01.2015 - 19:44

Mais uma edição do bazar das mães empreendoras será realizada em Ribeirão Preto, no dia 24/01, com venda de itens artesanais, palestras e atividades culturais

Feirinhas reúnem comida, música e artesanato em Ribeirão Preto

21.03.2017 - 21:37

Eventos especiais e feiras semanais têm produtos artesanais e saudáveis

Feirinha consciente Chiquita Bacana reúne produtos veganos em Ribeirão

08.06.2017 - 09:28

Evento acontece neste sábado (10/6) com alimentos, cosméticos, roupas e artesanato

 

VOLTAR

 

Comente aqui:
Agenda Cultural
Instagram
Instagram

Varal Diverso © 2011–2017. Todos os direitos reservados | Termos de uso | Design: Paulo Gallo