acompanhe:
Perfil no facebook
Perfil no twitter
Varal no Instagram
Varal no Youtube
Entre em contato com a gente
Nosso feed RSS
Para o topo

página inicial » eventos »

Empoderamento feminino é tema de programação especial no Sesc

publicado em: 22/02/2016 - 15:48
atualizado em: 25/02/2016 - 03:46

Empoderamento feminino é tema de programação especial no Sesc

Por Analídia Ferri
Foto: Camila Fontenele/Divulgação

O Sesc Ribeirão Preto preparou uma programação recheada de atrações incríveis sobre diversidade cultural que será tema de vários eventos durante o mês de março. O empoderamento feminino será debatido e exposto em shows, intervenções, palestras, oficinas e outras atividades, algumas gratuitas, no especial “Empodere-se”. As cantoras Elza Soares e Mahmundi e o artista Johnny Hooker são alguns dos nomes confirmados para as apresentações musicais.

O projeto “Todos podem ser Frida”, que transforma homens e mulheres na pintora mexicana Frida Kahlo, explorando a obra da artista, também é um dos destaques do mês. Estão previstos teatro, cinema, dança e literatura na lista de eventos. O Sesc fica na rua Tibiriçá, 50, no Centro. Mais informações pelo telefone (16) 3977-4477, ou no site da unidade.

Confira a programação completa:

MÚSICA

Elza Soares: "A Mulher do Fim do Mundo"

O novo trabalho, A mulher do fim do mundo, seu primeiro somente de canções inéditas, é fruto do encontro de Elza com a estética musical contemporânea de São Paulo. No show, a cantora vem acompanhada pelos músicos Kiko Dinucci, Marcelo Cabral, Rodrigo Campos, Romulo Fróes, Felipe Roseno e Guilherme Kastrup.

Quando? 16 de março (quarta), às 20h30
Onde? Teatro Municipal (praça Alto do São Bento, s/nº – Jardim Mosteiro)
Quanto? R$ 5 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes), R$ 8,50 (estudante, servidor da escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 17 (inteira)

Informações

Johnny Hooker

O músico pernambucano apresenta seu mais recente trabalho, intitulado Eu vou fazer uma macumba pra te amarrar, maldito!. Com uma carreira de mais de dez anos e um estilo que mistura rock, frevo, samba e música romântica, o músico promove um trabalho que questiona gêneros, linguagens e a própria música brasileira.

Quando? 17 de março (quinta), às 20h30
Onde? Galpão de Eventos
Quanto? R$ 5 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes), R$ 8,50 (estudante, servidor da escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 17 (inteira)
Informações

*Não recomendado para menores de 16 anos.

Mahmundi

Marcela Vale, conhecida pelo nome artístico Mahmundi, flerta com a música eletrônica, indie, lo-fi e a poesia reflexiva brasileira, além de carregar fortes influências da música oitentista. Mahmundi traz o recém-lançado single "Eterno Verão", além de canções de seus dois primeiros EPs.

Quando? 30 de março (quarta), às 20h30
Onde? Àrea de Convivência
Quanto? Gratuito
Informações

ARTES VISUAIS

"Réquiem para uma noiva"
Performance com Ed Marte

Na performance "Réquiem para uma noiva", o artista visual Ed Marte trabalha as relações entre corpo político, espaço e público, arte e vida. Aborda as questões de gênero, feminismo e o universo queer do homem mulher trans, as lutas políticas de empoderamento e reafirmação do corpo ser livre.

Quando? 8 de março (terça), às 17h e às 19h
Onde? Àrea de Convivência
Quanto? Gratuito
Informações

"Todos podem ser Frida"
Intervenção com Camila Fontenele de Miranda 

Frida Kahlo, uma das maiores pintoras do século XX, é lembrada pela vida de sofrimentos e superações: sua obra de cores vivas refletia sua própria realidade. A partir das ideias de amor, dor, inteiro, cores e aborto, fotógrafo e maquiador artístico, transformam homens e mulheres em Frida, proporcionando um olhar poético sobre obra e vida da artista mexicana.

Quando? 12 de março (sábado), das 14h às 17h
Onde? Àrea de Convivência

Quando? 13 de março (domingo), das 10h às 13h
Onde? Parque Luiz Carlos Raya (rua Benjamin Stauffer Amaro dos Santos x Av. Wladimir Meirelles Ferreira – Jardim Botânico)

Quanto? Gratuito (retirar senha 30 minutos antes)
Informações

Homem na agulha
Intervenção e oficina com Thiago Rezende e Luís Cambuzano

Técnicas de tricô, crochê e amigurumi na confecção de peças individuais ou coletivas unindo a tradição a um gesto poético, somados à visão de se produzir algo contemporâneo sem barreira de gênero e idade. 

Quando? 12 de março (sábado), das 10h às 17h
Onde? Àrea de Convivência

Quando? 13 de março (domingo), das 10h às 13h
Onde? Parque Luiz Carlos Raya (rua Benjamin Stauffer Amaro dos Santos x Av. Wladimir Meirelles Ferreira – Jardim Botânico)

Quanto? Gratuito
Informações

AÇÕES PARA A CIDADANIA

Drag Queen
Oficina com Zecarlos Gomes

A cultura Drag em exercícios práticos, oferecendo subsídios para a construção da personagem a partir de técnicas de maquiagem, dublagem, passarela e coreografia. Será abordada ainda a origem histórica das drags, contextualizada em um determinado momento sociocultural, e seu desenvolvimento até a atualidade. Dinâmicas de expressão teatral e autoconhecimento são utilizadas ao longo do curso. 

Quando? 2 a 4 de março (quarta a sexta), das 19h às 22h
Onde? Galpão de Eventos
Quanto? Gratuito (vagas limitadas)
Informações

Quem tem medo do feminismo?
Palestra com Giulia Crippa

O mundo contemporâneo, as artes e o uso das tecnologias gritam por igualdades. Nisto, ainda presenciamos muitos equívocos sobre o feminismo, suas causas, origens e lutas.

Quando? 15 de março (terça), das 20h às 22h
Onde? Auditório
Quanto? Gratuito (retirar convites 1h antes)
Informações

*Não recomendado para menores de 14 anos.

CINEMA E VÍDEO

"TupiniQueens"
Direção: João Monteiro (Brasil, 2015). 79 minutos

O documentário acompanha a vida de dezenas de drag queens em São Paulo, como Malonna Queenie, Glória Groove e Márcia Pantera, além de convidadas internacionais como Adore Delano e Latrice Royale. Cada uma delas explica as motivações para criar uma drag, detalhando o processo criativo e o gesto político decorrente da presença das drags na noite paulistana.

Quando? 6 de março (domingo), às 16h
Onde? Galpão de Eventos
Quanto? Gratuito (retirar convites 1h antes)
Informações

*Não recomendado para menores de 16 anos.

"De gravata e unha vermelha"
Direção: Miriam Chnaiderman (Brasil, 2014). 86 minutos

Com depoimentos de grandes nomes de um mundo transgressor, onde a sexualidade é reinventada, o documentário cria uma vertigem a partir do jeito que cada um encontra de se respeitar na construção do próprio corpo. No uso das roupas e na criação de contornos, vão surgindo formas desruptoras de vida. O estilista Dudu Bertholini entrevista e revela as experiências peculiares de Laerte, Rogéria, Ney MatoGrosso, Johnny Luxo, Candy Mel e outras personalidades.

Quando? 13 de março (domingo), às 16h
Onde? Galpão de Eventos
Quanto? Gratuito (retirar convites 1h antes)
Informações

*Não recomendado para menores de 12 anos.

"Vozeria"
Direção: Raphaela Comisso (Brasil, 2015). 56 minutos

Trazendo reflexões sobre empoderamento, discurso, corpo, desejo, sexismo, identidade de gênero, orientação sexual, transfeminismo e homotransfobia, o documentário entrevista oito pessoas importantes quando se trata do movimento LGBT e dos diretiros humanos, como: João W. Nery, Amelinha Teles e Luana Hansen.

Quando? 27 de março (domingo), às 16h
Onde? Galpão de Eventos
Quanto? Gratuito (retirar convites 1h antes)
Informações

*Não recomendado para menores de 16 anos.

DANÇA

Espetáculo: "Bananas 15"
Núcleo Artérias

Trabalha com os conceitos de masculinidade, explorando imaginários, gestos e desejos considerados exclusivamente masculinos. Como fundamento para a fisicalidade, o núcleo trabalhou com ações geradas pela ativação do sistema digestivo do corpo, provocando uma série de experiências conduzidas pelo desejo em que são testadas corporeidades andróginas, sinuosas, volumosas, orgânicas, multidirecionais potencializadas pelo desejo e possibilidade de ser "outros", de ser múltiplo. Bananas 15 lida com assuntos propostos no trabalho da artista britânica Sarah Lucas, que expande suas dimensões de gênero e sexo a partir de uma linguagem metafórica e provocadora.

Quando? 18 de março (sexta), às 20h30
Onde? Galpão de Eventos
Quanto? R$ 5 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes), R$ 8,50 (estudante, servidor da escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 17 (inteira)
Informações

*Não recomendado para menores de 16 anos.

TEATRO

Espetáculo: "Borboletas de Sol de Asas Magoadas"
Atuação, concepção e direção: Evelyn Ligocki

A travesti Betty recebe em sua casa seus visitantes-espectadores. Numa conversa informal, expondo particularidades de seu cotidiano, Betty pretende humanizar sua figura, desmistificar as travestis, romper clichês e preconceitos. Prêmio Açorianos "Atriz Revelação" (RS) e indicação ao Prêmio Qualidade Brasil – Melhor Atriz de Comédia (SP).

Quando? 10 de março (quinta), às 20h30
Onde? Galpão de Eventos
Quanto? R$ 5 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes), R$ 8,50 (estudante, servidor da escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 17 (inteira)
Informações

*Não recomendado para menores de 18 anos.

LITERATURA

Empoderando Palavras
Bate-papo com Djamila Ribeiro, Clara Averbuck, Nega Gizza e Renata Martins

Quatro vozes atuais e atuantes numa conversa franca sobre o feminino e as ações que desmistificam barreiras e fronteiras: Djamila Ribeiro é mestre em Filosofia Política pela Unifesp; colunista do site da Carta Capital, membro fundadora no Mapô — Núcleo de Estudos Interdisciplinar em Raça, Gênero e Sexualidade da Unifesp. Clara Averbuck é escritora e editora do site Lugar de Mulher. Tem 7 livros publicados, já saiu em diversas coletâneas e teve a obra adaptada para cinema e teatro. Nega Gizza é rapper, apresentadora, ativista e produtora brasileira. Com discurso afiado e voz firme, teve (e tem) talento e rimas de sobra para se firmar num meio onde, até então, destacavam-se apenas vozes masculinas. Renata Martins é cineasta e representante do Canal Empoderadas.

Quando? 22 de março (terça), às 20h
Onde? Auditório
Quanto? Gratuito (retirar convites 1h antes)
Informações

Sarau Preto + Parada Poética
Renan Inquérito convida Luiza Romão

O sarau Parada Poética, com curadoria do rapper e poeta Renan Inquérito, se junta ao Sarau Preto e à poeta e atriz Luiza Romão. Através de performances poéticas livres, o encontro traz a literatura por meio da palavra falada, cantada, exposta, declamada, inserindo a plateia em uma experiência provocativa, e de empoderamento. Luiza Romão é poeta, atriz e diretora de teatro. Em 2014, publicou o livro Coquetel Motolove e participou de inúmeros saraus/slams. Criou mais de quinze videopoemas, explorando a linguagem do spoken word.

Quando? 5 de março (sábado), às 19h30
Onde? Centro Cultural Quintino II (rua Ernesto Petersen, 36 – Quintino Facci II)
Quanto? Gratuito
Informações

Empoderando-se na rede
Bate-papo com Jessica Tauane e Symmy Larrat

A representante do Canal das Bee, Jessica Tauane, e a coordenadora-geral de Promoção dos Direitos LGBT da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Symmy Larrat, falam sobre suas atuações nas redes, das ações de conscientização e encontros para troca de experiências. Jessica Tauane é comunicóloga com ênfase em novas mídias pela PUC-SP e fundadora do Canal das Bee e do Gorda de Boa — canais sobre ativismo LGBT e humor no YouTube. Symmy Larrat é Coordenadora de Promoção dos Direitos de LGBT da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Quando? 8 de março (terça), das 20h às 22h
Onde? Auditório
Quanto? Gratuito (retirar convites 1h antes)
Informações

*Não recomendado para menores de 16 anos

TECNOLOGIA E ARTES

Oficina: Literatura de Cordel – O poder da linguagem
Com Jarid Arraes

Atuante em eventos de literatura, feminismo e direitos humanos, Jarid Arraes abordará métrica, ritmo e identidade. O que é e como escrever Literatura de Cordel. Multiplicar os versos e o potencial transformador desta linguagem.

Quando? 5 e 6 de março (sábado e domingo), das 14h às 18h
Onde? Espaço de Tecnologia e Artes
Quanto? Gratuito (15 vagas)
Informações

Mostra "Empoderadas"
Videoinstalação com Canal Empoderadas

Empoderadas nasceu como uma websérie em formato documental que visa apresentar mulheres negras das mais distintas áreas de atuação (artes, entretenimento, política, empreendedorismo e outras), que possibilitam o empoderamento das demais mulheres. Idealizadora: Renata Martins, cineasta.

Quando? 1 e 19 de março. Terça a sexta, das 13h30 às 21h30; sábados e domingos, das 10h às 18h
Onde? Comedoria
Quanto? Gratuito
Informações

Programação da mostra:

  • 08/03 (terça): Xongani (7'07)
  • 09/03 (quarta): Thais Dias (7'56)
  • 10/03 (quinta): Ana Fulô (4'06)
  • 11/03 (sexta): Sharylaine (5'42)
  • 15/03 (terça): Ana Koteban (5'09)
  • 16/03 (quarta): Alexandra (5'00)
  • 17/03 (quinta): MC Soffia (4'24)
  • 18/03 (sexta): Raquel Trindade (6'45)
  • 22/03 (terça): Tula Pilar (6'38)
  • 23/03 (quarta): Leci Brandão (6'47)
  • 24/03 (quinta): Dediane Souza (6'49)
  • 29/03 (terça): Beth Beli (5'33)
  • 30/03 (quarta): Luciane Barros (5'01)
  • 31/03 (quinta): Valeria Mota (5'56)

Quando? Terça a sexta, às 19h30
Onde? Espaço de Tecnologia e Artes.
Quanto? Gratuito
Informações

*Não recomendado para menores de 12 anos

IDOSOS

Filme: "Flores de Aço"
Direção: Herbert Ross (EUA, 1989). 123 minutos, Drama.

Baseado em peça de Robert Harling. Um filme sensível sobre um grupo de amigas numa pequena cidade do estado de Louisiana. São mulheres de temperamento, idade e classes sociais diferentes, mas que se mantém unidas durante os momentos difíceis da vida. Mediação: André e Marcos de Castro.

Quando? 23 de março (quarta), das 15h às 18h
Onde? Galpão
Quanto? Gratuito (retirar ingresso 1h antes)
Informações

*Não recomendado para menores de 12 anos.

MEIO AMBIENTE

Papel de mulher: Eu e meus papéis
Curso com Papel de Mulher

A oficina busca provocar questionamentos internos sobre como cada um usa e descarta coisas e até pessoas. A intenção é que esses questionamentos se transformem, posteriormente, em atitudes criativas, de respeito e valorização de si mesmo, do outro e do meio ambiente.

Quando? 12 e 13 de março (sábado e domingo), das 10h30 às 12h30
Onde? Oficina 2
Quanto? Gratuito (40 vagas)
Informações

PRÓXIMO POST »
Geraldo Azevedo e Jorge Ben Jor se apresentam no Forró da Lua Cheia
« POST ANTERIOR
24° Encontro Nacional de Folia de Reis acontece neste domingo (31)

Você poderá gostar também!

 

“Nossa Virada” traz Nasi e Raimundos para Ribeirão

23.04.2014 - 21:16

Ribeirão Preto terá mesmo duas Viradas! A prefeitura confirmou as presenças de Nasi (Ira!) e Raimundos na “Nossa Virada”, que acontece nos dias 21 e 22 de junho.

Dicas culturais para curtir o feriadão em Ribeirão Preto

25.05.2016 - 09:18

Não viajou e está sem saber o que fazer nos próximos dias? Acesse nosso guia e veja algumas opções!

Laura Muller e Mario Sergio Cortella estão na Feira do Livro nesta terça

19.05.2014 - 12:07

Veja quais são as principais atrações da Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto nesta terça-feira, 20 de maio

 

 

Comente aqui:

 

 

 

Varal Diverso © 2011–2017 - Todos os direitos reservados. » Termos de uso