Para o topo

Sesc promove mostra de cinema alternativo "Circuito Indie Festival"

Sesc promove mostra de cinema alternativo
, em 26/04/2016, às 06:13 (atualizado em 26/04/2016, às 08:02)

Por Analídia Ferri
Fotos: Reprodução

De 26 a 29 de abril, o Sesc Ribeirão Preto apresenta 8 filmes que integraram a edição 2015 do Festival Indie, realizado nas capitais Belo Horizonte e São Paulo. Serão exibidos dois filmes por dia, às 19h e às 21h, no Teatro Minaz. A entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados com uma hora de antecedência no local.

O Festival Indie foi criado em 2001, na cidade de Belo Horizonte e, desde 2007, é realizado também em São Paulo, no CineSesc. Desde sua origem, a proposta é que o espectador descubra novos diretores, conheça filmografias e mantenha vivo o seu interesse pelo cinema.

 Confira a programação completa do Circuito Indie Festival com sinopses e classificação indicativa.

"Shirley – Visões da realidade"
26 de abril (terça), às 19h

Direção: Gustav Deutsch (Áustria, 2013), 92 min.
Não recomendado para menores de 12 anos.

As clássicas pinturas de Edward Hopper ganham vida através do incrível trabalho visual do cineasta Gustav Deutsch e do diretor de fotografia Jerzy Palacz. Uma jornada pelos Estados Unidos do século 20, visto através dos olhos de uma mulher que deseja fazer a diferença e das cores de um pintor icônico.

"Cemitério do esplendor"
26 de abril (terça), às 21h

Dir.: Apichatpong Weerasethakul (Tailândia/Reino Unido/Alemanha/França/Malásia, 2015), 122 min.
Não recomendado para menores de 12 anos.

Soldados com uma misteriosa doença do sono são transferidos para um hospital provisório instalado em uma antiga escola abandonada. Jenjira torna-se voluntária para tratar de Itt, um belo soldado que ninguém vem visitar. No hospital, ela faz amizade com a jovem médium Keng que utiliza os seus poderes para ajudar os parentes a se comunicarem com os homens adormecidos. Um dia, Jenjira encontra o diário de Itt preenchido com palavras e desenhos estranhos. Talvez haja uma conexão entre a síndrome enigmática dos soldados e o mítico local em que o hospital se encontra. A magia, a cura, o romance e os sonhos misturam-se no frágil caminho de Jenjira em direção ao conhecimento profundo de si própria e do mundo a sua volta.

"Jornada ao oeste"
27 de abril (quarta), às 19h

Direção: Tsai Ming Liang (França/Taiwan, 2014), 56 min.

Enquanto um homem exausto respira agitado à beira-mar, um monge budista, trajando vestes vermelhas, caminha a um ritmo imperceptível pelas ruas de Marseille, na França. O caminhar lento do monge chama a atenção dos pedestres das ruas movimentadas. A câmera revela pequenos e belos fragmentos da influência que esse caminhante incomum provoca nos habitantes da cidade, até o momento em que o monge ganha, enfim, um discípulo. Classificação indicativa: Livre.

"Eu sou Ingrid Bergman"
27 de abril (quarta), às 21h

Direção: Stig Bjorkman (Suécia, 2015), 114 min.
Não recomendado para menores de 10 anos.

Um documentário intimista sobre a vida de uma das mais premiadas atrizes da história do cinema, três vezes vencedora e oito vezes indicada ao Oscar, Ingrid Bergman. O filme apresenta um material inédito como entrevistas, cartas, diários e muitas imagens realizadas por Ingrid durante toda a sua vida, revelando aspectos de sua vida familiar e amorosa e suas relações com os filhos e companheiros. Uma homenagem a uma lenda, lançada no ano do centenário de seu nascimento.

"O cheiro da gente"
28 de abri l (quinta), às 19h

Direção: Larry Clark (França, 2014), 88 min.
Não recomendado para menores de 18 anos.

O fotógrafo e artista Larry Clark acompanha momentos da vida de um grupo de seis jovens parisienses, seus encontros entre o Museu de Arte Moderna e o Palais de Tokyo e suas festas repletas de sexo, drogas e rock‘n’roll. As relações desses jovens com suas famílias, com o consumo, com o sexo e os relacionamentos, com a internet e a prostituição. Vinte anos após realizar Kids, Larry Clark volta a fazer um filme sobre a juventude, seus atos de ingenuidade, suas confusões e erros, e seus sentimentos de incompreensão e solidão.

"A ilha do milharal"
28 de abri l (quinta), às 21h

Dir.: George Ovashvili (Geórgia/Alemanha/França/Rep. Tcheca/Cazaquistão/Hungria, 2014), 100 min.
Não recomendado para menores de 12 anos.

Um camponês e sua neta cuidam de uma plantação de milho em uma ilha no curso do rio Inguri, divisa entre os países em conflito Geórgia e Abkhazia. As ilhas da região surgem e desaparecem com a força da água e do vento. A passagem do tempo, que desgasta e constrói as ilhas, marca o amadurecimento da jovem e a obstinação do velho camponês. Duas vidas submetidas as forças da natureza e da guerra civil.

"Tangerine"
29 de abril (sexta), às 19h

Direção: Sean Baker (EUA, 2015), 88 min.
Não recomendado para menores de 16 anos.

Sin-Dee Rella, transexual e prostituta, retorna da prisão e descobre, através de sua melhor amiga Alexandra, e também trans, que está sendo traída pelo namorado e agenciador Chester. Sin-Dee parte então em busca de Chester e sua amante, a cisgênero Dinah. Sean Baker filma, munido apenas de um iPhone 5s, uma comédia-dramática natalina e revela uma Los Angeles diversa e melancólica.

"Cala a boca, Philip"
29 de abril (sexta), às 21h

Direção: Alex Ross Perry (EUA, 2014), 109 min.
Não recomendado para menores de 12 anos.

Philip (Jason Schwartzman) é um prodígio literário pairando por Nova York, prestes a lançar o seu segundo livro, após o sucesso de seu romance de estreia. Ele está tenso, entediado e desesperado para sair de sua cidade e da rotina que tomou conta de seu relacionamento amoroso com a fotógrafa Ashley (Elisabeth Moss). Ike Zimmerman (Jonathan Pryce), um célebre escritor mais velho e ídolo pessoal de Philip, empresta sua casa de verão para o jovem escritor. O filme então acompanha Philip, orbitando entre Ashley, Ike e suas outras relações afetivas, com seus questionamentos existenciais e criativo.

SERVIÇO

Circuito Indie Festival
26 a 29 de abril (terça a sexta), às 19h e às 21h

No Teatro Minaz
Rua Carlos Chagas, 273 – Jardim Paulista

Gratuito (266 lugares por sessão)
Retirada de convites com 1h de antecedência

Informações: (16) 3977-4487

Compartilhe:

PRÓXIMO POST »
Festival Varilux de Cinema Francês exibe raridades em Ribeirão
« POST ANTERIOR
Marina Person participa de bate-papo sobre cinema no Sesc

Você poderá gostar também!

 

Mostra Internacional de Cinema chega a Ribeirão Preto

03.11.2014 - 12:00

De 4 a 30 de novembro, o Sesc Ribeirão Preto exibe 10 filmes que fizeram parte da 38ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Durante os 13 dias na capital, foram exibidos 330 obras de diversos gêneros

Psicose, O Iluminado, De Volta Para O Futuro e outros clássicos serão exibidos no cinema

07.01.2015 - 18:27

A 5ª temporada de Clássicos Cinemark exibirá filmes como Casablanca (1942), Psicose (1960), Se Meu Apartamento Falasse (1960), Rastros de Ódio (1956), O Iluminado (1980) e De Volta Para o Futuro (1985)

Festival Varilux de Cinema Francês chega a Ribeirão Preto em junho

07.06.2015 - 23:55

Serão exibidos dois filmes por dia, de 11 a 17 de junho, no Cinépolis do Santa Úrsula. Veja a programação completa!

 

VOLTAR

 

Comente aqui:
Agenda Cultural
Instagram
Instagram

Varal Diverso © 2011–2018. Todos os direitos reservados | Termos de uso | Design: Paulo Gallo