acompanhe:
Perfil no facebook
Perfil no twitter
Varal no Instagram
Varal no Youtube
Entre em contato com a gente
Nosso feed RSS
Para o topo

página inicial » artistas »

Larissa Baq busca financiamento coletivo para lançar seu primeiro disco

publicado em: 17/03/2015 - 19:14
atualizado em: 17/03/2015 - 20:09

Larissa Baq busca financiamento coletivo para lançar seu primeiro disco

Por Francine Micheli
Foto: Déborah Evelyn / Divulgação

Quando começou a carreira artística, Larissa Nalini era uma criança. Aos 12 anos, ainda não sabia o que o mundo poderia lhe oferecer, mas já tinha ideia do que podia oferecer a ele. Foi então que aprendeu a tocar guitarra e participou de sua primeira banda de rock.

Hoje, aos 26 anos, Larissa está pronta para lançar o primeiro CD. “Acho que é um tempo natural de maturação. Eu entendo que criei minha identidade, algo que sempre busquei. Tive essa coisa da insatisfação com meu próprio trabalho até o momento em que eu vi que isso o que faço hoje me representa”, diz a artista.

Formada em audiovisual, Larissa hoje nem pensa em olhar para trás, ainda mais quando lembra das turnês na Europa que já realizou em apresentações solo e acompanhando outras bandas. Uma das ocasiões mais marcantes, para ela, foi tocar no Brazilian Day, em Barcelona, há dois anos. Cerca de 12 mil pessoas formavam um público atento àqueles dreads cheios de vida. Também já se apresentou com a cantora Ellen Oléria e abriu shows para Maria Gadú.

Natural de Franca, Larissa — que adotou o sobrenome Baq —, agora foca todos os seus esforços para a realização do sonho. E como gravar um disco está longe de ser uma das coisas mais fáceis na vida, ela recorreu ao financiamento coletivo. O Partio é uma plataforma online que tem por trás um time de pessoas engajadas em realizar projetos culturais.


(Foto: Paulo Gallo / Varal Diverso)

É diferente de sistemas como o Catarse, por exemplo. No Partio, o artista que deseja financiar seu projeto conta com uma assessoria e suporte completo do início ao fim da campanha. O valor de investimento mínimo é de R$ 30 e há recompensas para quem colaborar: agradecimento na contracapa do CD, exemplares do disco e downloads antecipados, entre outras coisas.

“E agora todos os meus esforços vão para a gravação desse CD. Todos os shows dos próximos quatro meses terão os lucros revertidos pra isso”, finaliza.

A intenção é arrecadar R$ 18 mil para gravar o disco Vaivoa, e o prazo para contribuir vai até o dia 17 de abril. E quem quiser deixar o caminho da Larissa mais ameno e ainda ajudar a música brasileira ganhar uma nova estrela, pode colaborar clicando aqui!

PRÓXIMO POST »
Camila Gray: tem moda na ponta do pincel
« POST ANTERIOR
Ribeirão-pretano vai expor na Bienal de Graffiti em São Paulo

Você poderá gostar também!

 

Ribeirão-pretanos estarão em mundial de break nos EUA

06.05.2014 - 23:08

Conheça história dos Funk Fockers, grupo que participa de campeonatos pelo mundo e acabou de ganhar uma vaga na final mundial. Eles ficaram conhecidos após uma polêmica na TV.

A rua em preto e branco

03.05.2014 - 22:41

Cabeças imensas andam aparecendo nos muros da cidade e têm atraído os olhares dos mais curiosos. O traço preto é preenchido pelo branco, quase uma afronta à batalha de cores.

“Pintar é uma necessidade”

11.09.2014 - 20:30

Ana Augusta Silveira — ou Gucha, como os amigos a chamam — pinta desde bebê mas nunca levou sua arte pra fora de casa. Abstrata e subjetiva, ela conta que a indisciplina foi o que a fez respeitar o próprio talento

 

 

Comente aqui:
Saia de Casa

 

 

 

Varal Diverso © 2011–2017 - Todos os direitos reservados. » Termos de uso